terça-feira, janeiro 24, 2012


A fantástica Londres das perucas

14 comentários:

  1. Pois é, jornalismo verdade ou crônicas da vida real? Os dois... e muito legal, corajoso e inspirador. Eu não uso peruca, nem pinto o cabelo... mas, ouço música sertaneja... o que é bem pior, né.... rsrsrs
    Adorei, de novo!

    ResponderExcluir
  2. Muito boa essa crônica , corajosa e certamente ajudaria a muitas mulheres que sofrem com esse tabu.Gostei de ver esse assunto que para muitos é tratado como segredo e vergonha,postado aqui com alegria, naturalidade e delicadeza.
    Valeu Rejane, muito bom.

    ResponderExcluir
  3. Rê, vc é demais! Fiquei encantada com a história do cabelo de suas irmãs. A gente pode não saber hoje, mas tudo tem um porquê, né? Sua história é uma lição de vida. Parabéns pela forma como encara seu problema e como compartilha conosco. Certamente esse relato vai ajudar, de uma forma ou de outra, muita gente.

    Bj gde da amiga,

    Flávia

    ResponderExcluir
  4. Amei, Rê!
    No Canadá,eu tinha uma conhecida que usava perucas, ela tinha o cabelo raspadão, por vontade própria, e dizia que fazia isso porque adorava usar peruca, pois podia trocar de cabelo sempre que quisesse.
    É isso aí, querida, força na peruca e boa viagem!!!
    Bjos
    Soraya

    ResponderExcluir
  5. Adorei ler vc, Rê! E com essa escrita gostosa, abordando um assunto delicado que, nas suas palavras, ficou natural, humano, quase simples. Além de uma adorável cronista, vc trouxe Londres mais perto. E ainda desfilando por Camden Town, que adorooooooooo, com um travesso cabelinho cor de mel.
    Beijoca da Vera Leon

    ResponderExcluir
  6. Oi branquela!! Sua peruca eu já tinha visto aqui em Santos vc usando mas não achei conviniente comentar. Saibas que és linda de qquer jeito. É claro que a franjinha faz diferença. Mas com essa cara de criança seu cabelo ralinho combina perfeitamente com vc. Tb quero uma matéria direto de Londres pro meu Blog....Buá, buá! Bjs. Vera Moraes ( da Santos Modal) meu Blog AQUI TEM DE TUDO - www.veramoraes.com.br

    ResponderExcluir
  7. Adorei o seu texto, Rê. Realmente não dá pra perceber que você usa, mas também não tem motivo nenhum para se envergonhar de "tirar a peruca do armário" rs. A medicina está a nosso favor hoje em dia com o que há de mais moderno pra nos fazer sentir melhor. E saiba que vc é linda de qualquer jeito. O que te marca é esse sorrisão e o jeito autêntico de ser! Beijão e até a próxima.

    ResponderExcluir
  8. Compra umas ai Rê!!

    Bujas

    ResponderExcluir
  9. Rejain... adorei!!! Esse eu não tinha lido sei lá porquê. Eu realmente não gosto quando vc fica falando pra todo mundo, até pq a gostosona do peito siliconado não chega pra pessoa que elogia e fala "é silicone!". Anyway, adorei o que a Soraia disse e repito: força na peruca! E traz umas novas aí pra gente tirar bastante foto na próxima "Noite dos deprimidos" que teremos de mudar para "Noite dos resolvidos". Beijossss

    ResponderExcluir
  10. Ahhh, comprei uma nova semana passada, longa, chiquérrima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quero foto! sou louca por perucas...minha mãe teve uma coleção enorme qdo era jovem. todas italianas, um luxo! :D

      Excluir
  11. Muito bom e cheio de informações úteis =)

    ResponderExcluir
  12. Oi Rejane, onde vc compra em Londres, também tenho alopecia e com esse friozinho vai ser até gostoso de usar uma peruca Grata.

    ResponderExcluir

Give us some sugar! Compartilhe suas doçuras conosco. Favor preencher com seu nome e e-mail, para podermos entrar em contato com vc!
Dona Ana Costa agradece e volte sempre!